Foto da felicidade apos a prisão de Rogério 157

Foto da felicidade

Imagens de policiais sorridentes próximo a Rogério 157, instantes depois de sua prisão, foram viralizadas nas redes sociais nesta quarta-feira (6). Nas fotos, eles aparecem posando para a cópia ou até inclusive tirando selfies. Em uma delas, o próprio traficante apresenta-se algemado e sorrindo.
Na Município da Polícia, no qual o caso era registrado, alguns agentes já tinham entendimento do alcance adotado pelas imagens e criticaram. “Possui gente bastante trouxa. Levar foto com abjecto? Parece até que não conhecem o chave penal”, disse um agente que não quis se identificar.

O delegado Gabriel Ferrando, um dos responsáveis pela cirurgia que culminou na prisão, disse que também não há decisão sobre o que ocorrerá com os autores das fotografias. “É uma abacaxi que está sendo corrigida. Eu de fato não aprovo. Porém foi um hora de acréscimo. Foi uma brilharete para todo o Rio. Foi um hora de acréscimo, porém isto já está sendo averiguado”.

Prisão de Rogério 157

Um dos chefes do comércio da Rocinha, Rogério Avelino da Silva, o Rogério 157, foi encarcerado nesta quarta-feira (6) de manhã no Arará, Agitação Norte. Ele foi apreendido por 2 policiais, um da 12ª (Copabana) e outro da 13ª (Ipanema).

De acordo com os agentes, ele não resistiu à prisão, que ocorreu na laje de uma casa. Também de acordo com a polícia, havia seguranças com Rogério no momento em que ele foi situado, porém os comparsas fugiram com a aparecimento da equipe. O traficante foi achado na casa de uma mulher na agremiação.

Nos últimos meses, em seguida da batalha na Rocinha, o traficante aparecia rondando as favelas do Administração Vermelho-do-cafeeiro, sem continuar bastante tempo em nenhuma agremiação. De acordo com o Disque Denúncia, a partir de o início do ano foram recebidas 434 denúncias abarcando informações sobre o traficante Rogério 157 ao longo cirurgia que acontece nas adjacência da agremiação da Mangueira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *