Aula online x aula presencial: qual a melhor opção?

Você conhece as vantagens e desvantagens do ensino online e presencial? Verifique este artigo para ver se há diferenças de qualidade entre eles. Vivemos uma nova rotina desde março deste ano, que para muitos de nós resultou em um novo esquema de trabalho – o home office – e uma nova forma de aprendizado – cursos online.

Muitas perguntas que já passaram pela sua cabeça como mãe, pai ou responsável legal: Meu filho ficará perdido? Ele está aprendendo alguma coisa com esses cursos online? É melhor esperar que o ensino presencial volte para que meu filho possa estudar? São questões extremamente importantes, por isso este artigo traz reflexão e aponta as diferenças, vantagens e desvantagens entre a aula online e o ensino presencial dos filhos de seus filhos.

Insegurança com relação à aula online

90% das pessoas afirmaram que fariam um curso online em algum momento da vida, sendo que 61% delas já realizou alguma aula online, segundo uma pesquisa realizada pela Inteligente.

O mais curioso sobre os resultados da pesquisa é que: aqueles que  disseram que jamais participariam de uma aula online, relataram que sua maior insegurança é com relação à qualidade do ensino.

Diante desses resultados, podemos perceber que se faz necessário um maior esclarecimento sobre as diferenças e possíveis desvantagens de uma aula online em relação à presencial.

Com isso, vamos, primeiramente, entender a diferença das competências necessárias para serem trabalhadas em cada um desses modelos de aula.

Fonte de reprodução: Getty imagens

O perfil do seu filho enquanto estudante

Confira, aqui abaixo, quais competências no perfil dos estudantes serão trabalhadas durante cada uma dessas modalidades de ensino:

Durante a aula online trabalhamos:

  • Planejamento
  • Autonomia e Proatividade
  • Conhecimento Tecnológico
  • Gerenciamento do tempo a cumprir
  • Motivação

Durante a aula presencial trabalhamos:

  • Convivência com pessoas
  • Atenção focada na aula
  • Comunicação multifocal
  • Empatia
  • Gerenciamento do tempo restante

Vantagens das aulas online e presencial

As principais vantagens das aulas online e das aulas presenciais estão listadas abaixo, observe cada ponto ressaltado:

Aula online:

  • Estudar onde, quando e como quiser (computador, celular, tablet)
  • Materiais digitais atualizados mais rapidamente
  • Interação por meio de chats, fóruns, grupos, comunidades
Fonte de reprodução: Getty imagens

Aula presencial:

  • Presença física, olho no olho, sorriso, toque (experiências multissensoriais)
  • Muitas vezes a segurança e confiança do aluno no trabalho do professor é maior
  • Possibilidade de tirar dúvidas, feedback instantâneo que favorece a troca de informações e conhecimentos

Desvantagens das aulas online e presencial

Assim como cada modelo possui vantagens, algumas desvantagens podem ser notadas, como podemos verificar abaixo:

Aula online:

  • Exige maior autodisciplina, foco e dedicação do estudante
  • Falta de interação direta com as pessoas
  • Maior possibilidade de distração
  • Dependência do fator “internet”

Aula presencial:

  • Estudante precisa seguir o ritmo do professor sempre
  • Pouca ou nenhuma flexibilidade de horário
  • Não visualização posterior do conteúdo como quando é gravado
  • Falta de recursos diferenciados para motivação e para aulas atrativas

Aula remota X Ensino a distância: existe diferença?

Sim! Dentro deste cenário de aulas online, é necessário indicar a diferença entre aula remota e ensino a distância, pois muitas vantagens e desvantagens podem variar quando vivenciadas em cada um desses modelos, como a tabela do IPOG apresenta. Veja:

Aula remota

  • Aulas ao vivo e remotas, simulando o encontro presencial
  • Professor da disciplina disponível diariamente
  • Conteúdo e material didático mais personalizados e ajustados pelo professor segundo a necessidade
  • Cronograma mais flexível e ajustado segundo o contexto atual
  • Avaliações mais centradas nas aulas
  • Mais atividades síncronas – que permitem interação em tempo real
  • Carga horária concentrada nas aulas
  • Mais centrado no professor
Fonte de reprodução: Getty imagens

Ensino a distância

  • Aulas gravadas
  • Tutor/Monitor como suporte de maneira atemporal
  • Conteúdo e material didático mais padronizados, normalmente disponibilizados com antecedência
  • Cronograma padronizado
  • Avaliações padronizadas
  • Atividades síncronas e assíncronas – tanto em tempo real quanto não.
  • Carga horária distribuída entre diversos recursos midiáticos
  • Mais autoinstrucional

Todos os modelos de ensino-aprendizagem apresentam vantagens e desvantagens, e, se analisarmos o cenário pré-pandêmico, talvez o seu filho já estivesse desmotivado ou apresentando alguma dificuldade com os estudos. O ponto central aqui não é encontrar a melhor ou pior opção entre aula online ou aula presencial, mas saber explorar o melhor de cada uma delas juntamente com a busca pelo melhor desempenho do seu filho! Para isso, gostaria de apresentar 10 dicas para potencializar o desempenho dele independentemente se a aula é online ou presencial:

  1. Ajude-o a se organizar, evitando perder prazos
  2. Crie junto com ele uma lista de prioridades, montando um cronograma de estudos
  3. Ensine-o o que é ter foco e disciplina e fugir das distrações
  4. Estabeleça metas juntamente com ele
  5. Tenham um local apropriado e horário definido de estudo
  6. Estabeleçam momentos de descanso/intervalo
  7. Evite colocá-lo em um lugar muito confortável

 Fonte: https://www.r7.com