Como fazer uma boa manutenção do ar-condicionado do carro

O ar-condicionado do automóvel é uma das melhores comodidades . Afinal, ninguém gosta de ficar em um ambiente fechado passando calor ou com as janelas fechadas durante a chuva, por exemplo. No entanto, para manter o equipamento sempre seguro para sua potência e funcionando de forma adequada, sem gastar combustível em excesso, é preciso tomar alguns cuidados para assegurar que a manutenção esteja sempre em dia.

Como cuidar bem do ar-condicionado do carro

O ar-condicionado automotivo é uma funcionalidade praticamente indispensável para muitos motoristas e passageiros na Brasil. E isso não é à toa. Por ser um país quente, com altas temperaturas não apenas no verão, muitas vezes a janela aberta não basta para circular com conforto. Para não ter que espalhar pela situação desagradável de não contar com o ar-condicionado no auto, o ideal é, antes de tudo, buscar prevenir possíveis problemas no apresto automotivo. Entre os passos necessários é importante conhecer bem o carro, manter os componentes lubrificados e fazer anualmente a limpeza do ar-condicionado automotivo.

Consulte o manual

Além das dicas gerais, é bastante importante que você leia o leve do seu carro. É nele que você aprenderá sobre as necessidades específicas de cada componente do condutor, inclusive em relação ao ar-condicionado e sua manutenção. O manual do proprietário ensinará sobre o uso correto de cada funcionalidade desse aparelho, como o melhor forma de preservá-lo e o instante certo de fazer uma limpeza ou troca.

Faça uma limpeza anual

A limpeza de todos os componentes do ar-condicionado do carro é uma das manutenções mais simples e baratas do veículo. Por isso, não tem desculpa para ser adiada! Ela é muito importante para sua saúde e da sua família, como para evitar uma queima maior de combustível, pois o carro precisa se esforçar mais para refrigerar o ar quando há muita sujeira no sistema. Em geral, é recomendado fazer uma limpeza todo ano. Mas, se você começar a verificar falhas no funcionamento do ar-condicionado ou odores diferentes, é melhor antecipar essa manutenção.

Evite as manutenções corretivas

Manutenções corretivas, ou seja, aquelas que são feitas em que tempo surge algum problema, enfim são mais caras e complexas que as preventivas. Por isso, as manutenções preventivas são deveras importantes. Fazer esse tipo de manutenção significa conhecer o funcionamento do seu carro, ficar atento a alterações e delinear trocas e limpezas no momento certo. No caso do ar-condicionado isso é ainda mais importante, pois envolve a seu saúde e a de conjuntos que circulam no auto com você. O ar-condicionado sujo, além de ser ruim para o carro, também agrava problemas respiratórios, como bronquite, sinusite, rinite, entre outros.

Quando fazer manutenção ou conserto do ar-condicionado automotivo?

De forma geral, recomenda-se fazer a limpeza do ar-condicionado automotivo, pelo menos, uma vez por ano ou a cada 20 mil quilômetros rodados. No entanto, é importante ficar atento as alguns sinais que podem estabelecer a necessidade de antecipar essa manutenção para corrigir possíveis problemas. Entre eles, podemos citar odores estranhos, complicações respiratórios, barulhos e mau ação do equipamento. Conheça, abaixo, os principais indicativos de que você não pode mais adiar a manutenção do ar-condicionado automotivo.

Preste atenção aos odores

Algumas vezes, o interior do condutor pode apresentar um cheiro estranho, mas pensamos que é o carpete, algum alimento que foi acabado em seu interior, entre outros motivos. No entanto, o cheiro pode estar vindo do competente ar-condicionado, que pode aquiescer repleto de micro-organismos que agravam doenças respiratórias. E não tem nada pior do que alguém no carro com um mau cheiro persistente no interior, não é mesmo. Se você utiliza produtos que perfumam o ar do carro, como sachês e aromatizadores, também é preciso conhecer cuidado para que eles não mascarem problemas que podem ser identificados pelo odor.

Acompanhe o desempenho

É preciso ficar alerta quanto a cheiros estranhos e explorar identificá-los. Se eles forem acompanhados de uma dedução de desempenho do ar-condicionado, é um sinal de que é justo higienizar ou trocar o sistema. Por exemplo, se você este acostumado a usar o ar-condicionado na intensidade 1 a necessidade de colocá-lo no 2 para ter o até mesmo resfriamento, significa que houve queda de desempenho.

Funcionamento irregular do equipamento também é outro ponto de atenção. Se em um dia o ar-condicionado funciona bem e, em outro mais quente, ele não gela como deveria, é importante levar a uma oficina especializada para checar qual é a problema.

Tenha atenção aos barulhos

Outro sinal de que o ar-condicionado do seu carro pode não estar funcionando como deveria é a incidência de algum barulho que não costumava acontecer. Caso você ligue o ar e escute um ruído contínuo ao côncavo, isso pode ser um denotativo de que o compressor do equipamento não este funcionando corretamente. Entre as causas mais prováveis estão o atrito da canalização de gás com outros componentes, gás em acréscimo no compressor ou o defeito de torque nele. Apesar desses serem os problemas mais comuns, os barulhos podem ter inícios diversas, então é essencial buscar ajuda especializada em vez de considerar o compressor a singular causador do ruído.

Desconfie de problemas respiratórios constantes

Além do mau cheiro, os micro-organismos que habitam o coador do ar-condicionado podem ocasionar vários problemas respiratórios, como alergias, rinite e asma. Por isso, para contar com o conchego do equipamento é essencial manter a higienização em dia para não amostrar sua saúde, assim como a de contextos os passageiro do meio, em risco.

Então, tenha atenção especial a sintomas como esguichos constantes, dificuldades para respirar e nariz coçando e/ou escorrendo, principalmente quando o ar-condicionado do carro esta ligado. Para evitar problemas, invista no alimpamento do ar-condicionado afinal, a higienização provavelmente vai sair mais barata do que o gasto com remédios e hospitais.

Para mais informações acesse: Manutenção de ar-condicionado Bh

FONTE: https://g1.globo.com/

FONTE: https://www.r7.com/

FONTE: https://www.terra.com.br/noticias/