Como garantir energia de sobra na bateria do seu carro


Qualquer questão relacionada a ela pode gerar diversas consequências, como impossibilidade de dar partida no veículo. Porém, a situação mais complicada é quando a vida útil da bateria automotiva chega ao fim, e o cliente não tem mais como se virar sozinho.

Felizmente, é para isso que você e sua oficina estão presentes. Desde que esteja preparado para realizar os procedimentos, não terá obstáculos para atender esses clientes e garantir o melhor serviço possível. Assim, você deve se manter informado sobre o funcionamento da bateria e como fazer sua manutenção.

Para ajudá-lo, vamos falar sobre o que afeta a vida útil dessa peça, qual é o custo desse serviço e como você pode prestá-lo com mais qualidade.

O que afeta a vida útil da bateria automotiva?

Para entender como lidar com a bateria, a fim de estender ao máximo sua vida útil, precisamos saber o que a afeta. Temperatura ambiente Os elementos que mais influenciam a condução de eletricidade são: o calor e o frio.

Como os polos e fios da bateria são feitos de metal, temperaturas extremas vão, pouco a pouco, mudando a forma dessas peças, o que altera sua capacidade de transmitir energia. O mais comum é que a bateria puxe mais energia durante o frio, devido à retração das peças, gerando uma sobrecarga no calor, quando as reações químicas são aceleradas.

Dependendo do tempo de exposição a essas condições, pode ser que os danos causados se tornem permanentes, reduzindo a vida útil desse componente. Mesmo que não seja possível evitar esse problema sempre, é importante que você oriente seus clientes sobre os cuidados ao dirigir em locais muito quentes ou frios.

Uso de faróis e rádio

A vida útil da bateria automotiva, naturalmente, diminui se você usá-la com mais intensidade ou frequência. Por isso, é preciso ficar atento aos dispositivos elétricos dentro do carro, como faróis e rádio. Enquanto estão ligados, eles aumentam o consumo de energia, o que, com o tempo, pode diminuir a longevidade da peça. Felizmente, muitos motoristas e mecânicos levam esse tipo de uso em consideração.

Então, o impacto não é tão grande

Como a carga da bateria é alta e o consumo pequeno, a corrente fica forte demais, o que gera um grande desperdício. Sujeira nas conexões da bateria Com o tempo, todas as peças, sejam elas de um carro zero-quilômetro ou antigo, ficam desgastadas e sujas. Isso é normal e faz parte do cotidiano de qualquer motorista.

Porém, não limpar os itens do veículo pode causar uma série de problemas no seu funcionamento, inclusive na longevidade da bateria. Quando há muitos resíduos nos polos desse componente, eles formam uma camada que pode gerar ferrugem, o que diminui a capacidade da bateria de transmitir carga adequadamente.

Se esse problema se prolongar, é possível que você nem consiga usar a bateria, ainda que ela tenha bastante energia. Para evitar que isso aconteça, o melhor é limpar os terminais com água e bicarbonato de sódio. Tempo com o veículo parado Muitos motoristas acreditam que deixar um veículo parado não gera gastos.

Pelo contrário: boa parte da perda de vida útil da bateria automotiva ocorre quando o carro fica estacionado por longos períodos de tempo, talvez mais de um mês. Por isso, tantas pessoas reclamam do estado do veículo quando retornam a ele depois de alguns meses. Mesmo que você não ligue algum dispositivo, a própria estrutura do carro vai continuar puxando alguma energia passivamente, o que pode desgastar ainda mais as células da bateria. Sendo assim, o certo é desconectar os polos do carro antes de parar por longos períodos ou deixá-lo ligado por 5 minutos regularmente.

Quanto custa o conserto ou uma bateria nova?

O valor do serviço pode variar bastante, de acordo com o local, a natureza do problema e o tipo de bateria. No caso da reparação, o preço cobrado sempre será mais em conta, especialmente se for algo simples, como uma limpeza rápida dos polos. A troca, por outro lado, pode ser o mais necessário.

O valor de uma bateria dependerá do modelo, mas geralmente fica em torno de R$200 ou mais que R$500. Dessa forma, manter a vida útil da bateria automotiva vai ajudar seu cliente a se planejar e não tomar esse prejuízo sem aviso. O que você pode fazer pelo seu cliente? Para ajudar sua clientela e deixá-la ainda mais satisfeita com seus serviços, busque orientá-la e oferecer formas de aumentar a vida útil da bateria.

Saiba Mais: Entenda como funciona a geração do alternador e saiba reconhecer falhas mais recorrentes

Veja alguns procedimentos que ajudarão seus clientes. Limpeza Como mencionamos, limpar os terminais da bateria é um procedimento padrão para prolongar sua vida útil. Sempre que seus clientes reclamarem sobre problemas para dar partida no veículo, dê uma olhada nessa peça e veja se ela precisa de algum reparo. Faça o mesmo em verificações de rotina. O procedimento aqui costuma ser simples e rápido. É só passar bicarbonato de sódio com água, esperar a espuma aparecer, removê-la e secar bem.

Recarga Quando a vida útil da bateria automotiva chega ao fim, é comum que alguns motoristas tentem dar uma última carga nela, a famosa chupeta. Sim, essa pode ser uma solução imediata para quem precisa sair do meio da estrada, por exemplo, mas não é uma boa solução, pois pode gerar consequências negativas ao sistema da peça.

De qualquer forma, quando um cliente não pode esperar a troca e precisa ir de carro urgentemente a algum lugar, você pode recorrer a esse método. Apenas deixe bem claro que esse é um sinal de que está na hora de fazer a troca da bateria. Substituição Por fim, havendo tempo e recursos, você deve enfatizar para seu cliente a necessidade de trocar a bateria.

Certifique-se de que essa é a melhor solução, pois trata-se de uma peça bem cara. E, quando fizer a troca, tenha certeza de descartar a bateria do jeito certo, pois esse tipo de lixo pode gerar diversos impactos, como destruição do meio ambiente e intoxicações.

Aproveite para conscientizar seus clientes e, com isso, mostrar a eles que está envolvido em um propósito sustentável com sua oficina mecânica. Agora que você tem essas informações, pode trabalhar para melhorar a vida útil da bateria automotiva do carro de seus clientes.

FONTE: https://www.r7.com