O QUE LEVA OS JOVENS A PROCURAREM CIRURGIAS PLÁSTICAS CADA VEZ MAIS CEDO?

O QUE LEVA OS JOVENS A PROCURAREM CIRURGIAS PLÁSTICAS CADA VEZ MAIS CEDO?

Tá pensando em realizar uma intervenção plástica, porém também não possui firmeza se é uma ótima? Por isso a gente explica direitinho o que é necessário saber antes de deparar uma oscilação total dessas.

Você sabia que o Brasil foi o país que mais realizou cirurgias plásticas no mundo em 2013? Este foi o primeiro ano em que o nosso país ficou à frente dos EUA. Isto evidência o quanto estamos inseguros e insatisfeitos com a nossa visual. E os jovens estão cada vez mais buscando estes recursos como maneira de melhorarem suas auto-estimas.

No ano passado, foram realizadas no Brasil 1,491 milhão de cirurgias plásticas*, que significa mais de 4 mil coisa por dia. Dessas, mais da meio foram em modificações nos seios (implantes de silicone, redução e auxílio ) e em lipoaspiração. Mais procedimentos mais baixos similarmente fazem parte da listagem, como coisa nas orelhas (abano) e nariz.

Este desenvolvimento, que nos colocou em primeiro lugar no ranking das plásticas, possui bastante a analisar com o crescimento da consumo dos jovens.O primeiro passo antes de se casar com a intervenção é identificar se você de fato pretende essa oscilação ou é somente uma vaidade.

O clínico plástico Dr. Antônio Carlos S. Minuzzi Filho comenta que cabe ao médico identificar se a dissabor da paciente é justificável e se a intervenção está indicada ou não.

Às vezes, o jovem pode estar certamente de que necessita de uma oscilação total, porém nem sequer conhece alguns tipos de tratamentos não invasivos que são capazes de auxiliar.

Outra receio tem que ser se você já pode corporificar uma cirurgia. Não há uma idade mínima, porém, dependendo do técnica, como no caso da prótese de silicone, é necessário que a criança já tenha menstruado pela primeira vez há mais de cinco ou seis anos, para que tenha havido tempo satisfatório para reproduzir as mamas. E, em casos como rinoplastia, a plástica no nariz, é necessário que o corpo já tenha estabilizado o desenvolvimento.

Você decide, porém com ajuda Antes de ingerir essa decisão, o melhor que o paciente pode realizar é frequentar com os pais ou com indivíduo de firmeza. De acordo com a psicóloga e psicanalista Juliana Corte Conquista, no momento em que a imagem que vemos no espelho traz um tipo de amargura, cabe perguntar-se se essa contrariedade diz respeito a uma coisa físico ou se revela uma dor de ordem emocional, que precisa ser compreendida, e não será curada com uma intervenção.

Isto serve especialmente para que pessoas está entrando nessa onda por pleito dos comentários dos colegas. Se uma coisa não te incomoda, não faça pelos mais. Também de acordo com a psicóloga, algumas insatisfações que você pode ter enquanto jovem são capazes de findar ou se modificar com o tempo, por isso não apresse uma decisão definitiva.

– Sabemos que somos pessoas que se firmam por meio do olhar do outro, e similarmente no olhar de nossos colegas esperamos agir à incerteza de quem somos, ou se somos amados ou não.

Sabemos similarmente que os jovens são bastante preocupados em ser aceitos pelo seu grupo, e que qualquer diferença ou qualidade que denuncie a não referência aos convicções pode ser apontada como uma pane e razão de deboche comenta a psicóloga Juliana. Cirurgia plástica BH

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *