Qual é a melhor banda de internet para transmitir o seu ao vivo?

A internet que usamos hoje para acessar redes sociais, blogs e vídeos online, tanto de smartphones quanto de computadores, notebooks e tablets, nem afinal de contas foi acessível financeiramente e com uma boa velocidade. Na era dos youtubers, snapchaters e influenciadores digitais, a internet se tornou uma falta básica. Tanto que hoje não é estranho entrar em uma casa que não possui telefone fixo ou TV o cabo, mas que tenha o comprovante do Wi-Fi em uma post-it colado no roteador.

Mas como isso funcionava há 20 ou 30 anos Aqui no Brasil, no início dos anos 1990, a internet começou a ser usada por algumas universidades e centrais de pesquisa. Mas o boom da internet se deu em 1996, quando surgiram os primeiros provedores de internet. na chegada dos anos 2000, iniciou-se o estopim do que vivemos hoje de economia digital: a pirataria de contento especialmente com as downloads de música por meio de diversos softwares da época. Tá mas por que todo esse papo sobre internet? Pois quando se fala em deixar ao vivo online, nem todo mundo lembra que, pra se cumprir uma transmissão deste paradigma, é necessária a tal da internet.

Upload e download para transmitir ao vivo online

É necessário entendermos que, basicamente, existem dois tipos de banda de internet. A de download, que é aquela pressa que você escolhe em que época contrata um plano para sua casa/empresa; e a de upload, que transporta os dados do seu computador para os outros – é esta que equivale na hora de amodelar a transmissão ao duradouro. O ideal é que estejam disponíveis pelo menos 5 Mpbs de upload para transmissões simples. Já contágios em HD precisam de, pelos menos, 10 Mpbs de articulação estável.

Dicas e detalhes para transmitir ao vivo online:

Um detalhe importante é que o link de internet utilizado para uma difusão ao vivo tem que encontrar-se, preferencialmente, conectado via cabo de rede (aquele azul ou amarelo que tem os chifres transparentes) ao computador. Mas por que não exercer pelo Wi-Fi? Porque a Wi-Fi tem taxas menores de adiamento de dados e é mais instável e propício as interferências de aparelhos eletrônicos e obstáculos, como paredes de concreto.

Outro ponto que pode atrapalhar uma transmissão é em que tempo a rede esta comprometida por causa de muitos dispositivos conectados. Por ensinamento, a internet da local está cabeada para transmitir ao vivo online, mas muitas pessoas estão conectadas nesta mesma rede via Wi-Fi. Para quem não se assalta, até o Steve Jobs já descortinou maus bocados por causa disso.

Um bom computador, igualmente dedicado apenas para a radiocomunicação, também faz parte do pacote “minha transmissão da sonhos”. Uma transmissão ao vivo consome bastante processamento do computador. Então, ao menos que você tenha uma máquina com um processador muito potente e com grande espaço de memória, é bom deixar o seu notebook quieto ali, dedicado apenas para a radio transmissão ao vivo. Feche todas as abas de navegadores e programas ativos na computador. Um bom notebook com processador i5 e 4 GB de RAM aguenta uma transmissão simples. Mas se você quer duas, três ou mais webcams, ou se você vai noticiar um grande evento com sueltos câmeras e microfones espalhadas pelo local, é bom especular em configurações mais potentes.

FONTE: https://g1.globo.com/

FONTE: https://www.r7.com/

FONTE: https://www.terra.com.br/noticias/

FONTE: https://noticias.uol.com.br/